Prata da casa

Atenção, Zuza:  telefone!
A bola da vez da série PRATAS DA CASA é um personagem de peso no hall das lendas vivas do clube. José Domingos Chrisóstomo Filho, o Zuza. Certamente o indivíduo mais “requisitado” da história do CAY.
Pode apostar! A frase na manchete é, sem dúvida, a que mais ecoou pelos alto-falantes do clube em todos os tempos. Uma marca registrada em nosso DNA.
Sua trajetória teve início em 1960 quando seu pai, mestre de obras de uma construtora, foi o responsável pela construção da piscina externa e dos vestiários. Na mesma época, o então garoto Zuza passou a integrar o quadro de funcionários do clube. Fica fácil supor, portanto, que não há um canto sequer que ele não conheça com riqueza de detalhes. 
Desde então, são 60 anos de serviços prestados como colaborador em  diversas funções e, também, como diretor de sede por muitas gestões, período no qual a famosa frase se perpetuou.
De fato, um currículo impecável! Uma linda história capaz de encher de orgulho seus familiares, amigos e colegas de trabalho. Uma história eternizada por ações e realizações. História de um homem cuja trajetória espelha o que é ser cidadão de bem, o que é ser profissional, o que é amar o CAY. 
O telefone ainda vai tocar por muito tempo... Obrigado, Zuza! Reverenciá-lo é nossa obrigação!

© 2016 - CAY. Desenvolvido por 8Cria.